Poema Menina Mulher

Sem fronteiras 3. Aquela viagem, num momento histórico marcado pelas Cruzadas, demonstrava ainda mais a grandeza do amor que queria viver, desejoso de abraçar a todos. As questões relacionadas com a fraternidade e a amizade social sempre estiveram entre as minhas preocupações. Além disso, quando estava a redigir esta carta, irrompeu de forma inesperada a pandemia do Covid que deixou a descoberto as nossas falsas seguranças. Desejo ardentemente que, neste tempo que nos cabe viver, reconhecendo a dignidade de cada pessoa humana, possamos fazer renascer, entre todos, um anseio mundial de fraternidade. Ninguém pode enfrentar a vida isoladamente … ; precisamos duma comunidade que nos apoie, que nos auxilie e dentro da qual nos ajudemos mutuamente a olhar em frente.

Meninas mais 678284

11. Poema dos olhos da amada

A musa da jovem guarda, colega de Roberto e Erasmo no movimento que trouxe o rock e outras revoluções para o Brasil, andava por então de minissaia dirigindo carros esportes numa época em que as mulheres pouco ousavam sair por aí sozinhas. Aos 62 anos,Wanderléa continua sendo uma mulher moderna. Mora com as duas filhas, Jadde, 20, e Yasmin, 21, em um amplo apartamento dos Jardins, comprado quando ela ainda tinha 17 anos e estava no auge do sucesso. O clima na casa é entusiástico. Com orgulho e companheirismo. Curvas da estrada No dia desta entrevista,Wanderléa estava um pouco adoentada. Pegou uma virose em um show que foi trabalhar no Mato Grosso. Mas, mesmo assim, estava a mil por hora.

Meninas mais velhas 82158

Leave a Reply

Your email address will not be published.*