Cinema preto: 21 filmes para entender a relação da comunidade negra com sua cultura e com o racismo

E, no Brasil? A gente sofre com essa dificuldade de demonstrar carinho, tido como fragilidade. Entretanto, é preciso pensar que, nesses círculos de zona de conforto das pessoas brancas, a gente acaba convivendo mais com eles, nos nossos trabalhos, nos lugares que frequentamos, nos amigos com quem trocamos. Talvez o afroncentrismo seja a potencialidade de se circundar de semelhantes sem ter que obrigatoriamente tratar da pauta da negritude todo tempo, como se a gente só pudesse se reunir com negros para debater racismo.

Garotas busca 291211

Afetividade negra

Nesta quarta-feira 12 , Dia dos Namorados, eles completam 1 ano e 2 meses de relacionamento. Alan, que é dono de um empresa de telecomunicações e segurança eletrônica, conta que a iniciativa do namoro partiu dele. Resolvi adicionar e puxar conversa. Fomos conversando e resolvemos marcar de nos encontrar.

Busca da alma

Veja abaixo: 1. Pantera Negra O primo filme solo deste herói da Marvel traz uma ode ao protagonismo preto nas telonas. O thriller gira em torno de um casal interracial formado por Chris Daniel Kaluuyaum jovem preto, e Rose Allison Williamsuma garota branca de família tradicional. Os dois aproveitam um final de semana para viajar ao interior para que o sujeito seja apresentado à família dela. BlacKkKlansman Dirigido por Spike Lee, a obra, que estreia no Brasil nesta quinta-feira 22trata de um policial negro do Colorado que, emconseguiu se infiltrar na Ku Klux Klan local. Ele se comunicava com a seita por telefonemas e cartas. Quando precisava estar pessoalmente, enviada um policial branco no plaga.

Leave a Reply

Your email address will not be published.*